14 de junho 2020

5 Diferenças entre Gostar de Maquiagem e Ser uma Maquiadora Profissional

Gostar de maquiagem com certeza é um pré-requisito para você trabalhar neste mercado. Mas não significa que só ter essa paixão é suficiente para te tornar uma profissional.

Sim, existem diferenças gritantes entre ser uma entusiasta que adora produtos e se maquiar e ser uma profissional que trabalha e constrói um negócio como maquiadora.

Gostar de maquiagem com certeza é um pré-requisito para você trabalhar neste mercado. Mas não significa que só ter essa paixão é suficiente para te tornar uma profissional. 

Como toda profissão, ser um maquiador tem suas partes não tão glamurosas… e se você entrar neste mercado achando que é só diversão, pode se frustrar muito rapidamente.

Por isso, no post de hoje decidimos trazer 5 diferenças pra você identificar se é uma maquiadora profissional ou alguém que apenas curte maquiagem. 

Uma maquiadora pensa sobre maquiagem de domingo a domingo, cria estratégias, se educa constantemente, faz testes e estuda o mercado para entender o que funciona comercialmente, cuida de suas finanças, cria sua identidade visual, constrói redes sociais do seu trabalho, tem clareza sobre o seu posicionamento. 


1. Relaciona-se com outros profissionais

Você não vai chegar lá sozinha. 

Temos um post inteirinho sobre Networking para Maquiadores. Mas o resumo do resumo, networking é a arte de ver e ser vista. Ser conhecida dentro do mercado de maquiagem da sua região, do país, ou até o mundo - de acordo com os seus objetivos. Mostrar o seu trabalho para pessoas chaves. Propor parcerias. Trocar experiências. 

Ninguém chega ao sucesso sozinha, ninguém consegue mostrar sua arte ao mundo fechada no seu casulo. Então se quer ser uma profissional neste mercado, arregace as mangas e comece a criar sua rede de contato. 


2. É fonte de inspiração

Um artista cria, um amador copia.
undefined

O mundo da moda, da beleza, vive de novos olhares sobre o que já existe. Não é a toda que estamos sempre vendo coleções inspiradas em tendências de outras décadas. Um novo olhar sobre modelagens, produtos, cores... E se você não tem coragem de mostrar a sua opinião, o seu olhar sobre a maquiagem, você não cria. Só consome maquiagem. E está tudo bem. Mas não é a postura de uma profissional.  

Quando você se coloca como uma artista que cria, você coloca o seu talento no mundo. Você se abre para elogios e também para críticas. Mostra suas opiniões e se posiciona.

Quando você olha para seus colegas e percebe que você faz parte do mercado. Você contribui para este mercado. Você se inspira, mas também é fonte de inspiração no mercado. Da mesma forma que você tem suas musas inspiradoras, não é incrível pensar que sua criatividade pode inspirar outros artistas?


3. Lida com a realidade do mundo

Saber maquiar só o seu rosto não basta

Quando você é uma maquiadora profissional, você lida com rostos diferentes, com gostos diferentes, com auto estimas diferentes. 

A maquiagem pode estar linda na sua opinião, mas a sua cliente pode olhar no espelho e não gostar do que vê. 

O que é mais difícil de acontecer quando você somente maquia a si mesmo, usa os produtos que você conhece que fica bom na sua pele e caso não goste do resultado final, pode tirar e fazer tudo de novo, sem ninguém ficar sabendo ou falar nada. 

Ser maquiadora é prazeroso. É trabalhar com o que você ama. É ter prazer a cada produto novo que compra pro seu kit. É fazer seu horário e não ser escrava das 9 às 7.  Mas isso só é possível quando você olha pra tudo isso como um negócio. 


4. Abraça todos os aspectos da profissão

Vai ser delícia, mas também vai doer as costas. 

undefined

Ser maquiador é muito diferente de outras profissões que você passa por um curso formal, faculdade, faz estágio com outros colegas, existe sindicatos etc. O maquiador - em geral - tem um percurso muito mais solitário. Com menos mestres e colegas.

Você aprende as dores e delícias de ser da profissão sozinha. Às vezes você sente que é uma maquiadora profissional, mas ainda não conseguiu colocar seu trabalho no mundo. E às vezes pode acontecer o contrário, de você estar seguindo a sua verdade, ralando faz tempo, mas por ainda não ter o reconhecimento externo, não se sentir uma maquiadora profissional. 

É muito importante mudar essa visão e abraçar todos os aspectos da profissão. Olhar como uma carreira. De longo prazo. Que te traz alegria, mas também preocupação. Que te demanda tempo e energia. Que te faz sair da sua zona de conforto. 


5. Dedica-se ao seu negócio

Saber técnica é só 50% do jogo.
undefined

E para ser uma profissional, você precisará olhar com muito carinho e dedicação dos outros 50%. A parte da técnica pode ser a mais legal. A que te fez ter o desejo de se tornar uma maquiadora. Mas ela não é tudo. Como nós falamos aqui, ela é apenas 50%. 

Quando você quiser transformar sua paixão por maquiagem em profissão, começará a se perguntar:

  • Ué, mas como eu consigo cliente?

  • Como eu faço pra me verem como uma profissional?

  • Como consigo ter a minha identidade e me posicionar?

Se você ainda não é maquiadora, nós estamos aqui pra te dar todo o apoio do mundo.

É uma delícia!

É gostoso demais fazer alguém enxergar a própria beleza, brincar de transformar, criar personagens, fazer tudo mais belo.

Mas também dói. Dói não ter cliente. Dói ficar 12 horas em pé com o braço pra cima. Dói não ser reconhecida. Mas quem encara como a maquiagem como um negócio, aceita todas as partes dele. Espreme seus limões e faz a sua limonada. 

Um maquiador profissional precisa:

  • Se posicionar;

  • Fazer a sua propaganda;

  • Ter portfólio;

  • Ter site;

  • Ter materiais que te apresentam e falam sobre você antes mesmo de você abrir a boca.

E não se engane. Não estamos aqui pra desanimar ninguém.

Esses são pontos fundamentais para qualquer profissional. Principalmente quem trabalha com algo visual como a maquiagem. Um designer tem que ralar. Um fotógrafo também. Um chefe de cozinha para ter destaque idem.

São horas e horas de muito trabalho, para a realização final de uma peça de arte, uma foto ou um prato. Todo mundo tem prazo para fazer as coisas, cliente chato vai aparecer, alguém não vai acatar uma ideia ‘genial’. 

Quando a gente ama o que a gente faz a gente abraça todo isso. Porque sabemos que faz parte. Que as dificuldades faz você ver coisas que não via antes, te desafiam, te fazem crescer. 

E se você quer saber se estar no caminho certo no desenvolvimento da sua carreira de sucesso, baixe aqui o Mapa de avaliação de Carreira.

Nele você pode fazer um teste incrível que desenvolvemos do Círculo Cromático de Habilidades, e com a pontuação que você fizer ficará muito simples entender onde você está colocando mais energia na sua carreira e onde está deixando a desejar.

É uma bússola incrível pra te guiar neste caminho. 

O material é 100% gratuito e você pode baixar clicando aqui.

Vem ver o vídeo dessa semana para gente conversar um pouco mais!





E aí, você se considera uma maquiadora profissional?

Por que?

Um beijo

@profissao.maquiador